Le Terrier

«Arranjei o covil e parece que me saí bem. Do exterior vê-se apenas um grande buraco, mas na realidade esse buraco não conduz a parte nenhuma (…) Porém, a uns passos do buraco, abre-se a verdadeira entrada, coberta por uma camada de musgo, que eu posso levantar: se há neste mundo alguma coisa segura é este lugar.»
«Que buraco seguro e quentinho que eu arranjei… É o meu abrigo e não há cerco mais sólido, tranquilo e doce que este. Quando o mundo exterior me aborrece, importuna ou consome fujo para este recanto, rodeado por sebes que há muito deixei de podar. Para proteger o meu casebre construí várias armadilhas aptas a deglutir o inimigo num segundo. O pior é que por vezes me distraio na vigia e tropeço nos meus próprios artifícios. Tenho então que lutar para me tentar livrar do covil, de proprietária passo a prisioneira e para conseguir fugir tenho de deitar abaixo os muros que com tanto cuidado e estima construí. Depois quando me apetece regressar há que voltar a reerguer as barreiras para mais tarde as destruir. Trabalho árduo, cansativo e repetitivo…»
[Franz Kafka](https://www.goodreads.com:443/search/search?q=Franz%20Kafka “Franz Kafka”), in * [O Covil](https://www.goodreads.com/book/show/9466127.O_Covil “O Covil”) *

Only registered users can download this free product.
Genere: SKU: 1790 Tags:

Recensioni

Ancora non ci sono recensioni.

Recensisci per primo “Le Terrier”